8 dicas para contratar um arquiteto para seu projeto

Contratar um arquiteto é um investimento importante para definir a essência do seu projeto, economizar recursos e evitar dores de cabeça durante a obra.

 

Ter um ambiente aconchegante e com estilo é o desejo de todo o mundo que resolve repaginar ou decoração, e contratar um arquiteto para ajudar nesse processo é um investimento que vale a pena.

A experiência desse profissional é fundamental para transmitir a sua personalidade para o espaço escolhido. Além disso, ele conhece as tendências do mundo do design, sabe onde encontrar os melhores fornecedores de materiais e objetos de decoração e faz o acompanhamento de toda a execução do projeto, detalhes que na ponta do lápis representam uma excelente economia de tempo e dinheiro.

Por isso, dedicação e sensibilidade são as prerrogativas que definem um excelente profissional, ou seja, na hora de contratar um arquiteto é preciso que você se atente a alguns detalhes que farão toda a diferença para que o seu seja bem-sucedido e tenha o resultado que te surpreenda.

Mas, antes, queremos desmistificar qual o papel do arquiteto no seu projeto, já que muitas pessoas ainda têm dúvidas se esse profissional é ideal para a reforma ou construção do imóvel.

contratar um arquiteto

Qual o papel do arquiteto no seu projeto?

 

O profissional em arquitetura apresenta como forte característica a destreza de alinhar necessidades e desejos em soluções viáveis. Além disso, avaliação dos custos e materiais gerados para cada ambiente. Sempre pensando na durabilidade e qualidade de cada item escolhido.

Do mesmo modo que um projeto arquitetônico visa ambientes dimensionados de maneira correta ele, também, deve organizar espaços que favoreçam as paisagens e a luz solar, priorizando o bem-estar e o conforto. Tudo isso sem deixar de lado a beleza, a sofisticação e a funcionalidade.

Exatamente por isso que cada detalhe é analisado para evitar problemas futuros. Seguindo essa linha, podemos dizer que o profissional em arquitetura é o melhor investimento para alguém que sonha com um espaço repleto de requinte e sofisticação. Afinal, cada ambiente merece transmitir sua personalidade com originalidade e estilo.

Mas como o arquiteto pode contribuir de forma positiva para o seu projeto? A resposta a essa pergunta está logo no decorrer desse artigo.

contratar um arquiteto 

 8 pontos importantes na hora de contratar um arquiteto

 

1 – Ouvir o cliente sobre o projeto dos sonhos

Esse é o primeiro passo para que uma parceria dê certo. O arquiteto precisa estar atento a todos os detalhes que o cliente oferecer sobre como gostaria de realizar seu sonho. A partir daí, ele conseguirá identificar o estilo que você deseja. Segurança, beleza ou economia também precisam ser levados em consideração.

Para isso, reuniões e visitas ao local são primordiais para apresentar as sugestões propostas pelo profissional alinhadas aos desejos do cliente. Para, a partir de então, dar início ao projeto do ambiente dos sonhos.

 

2 – Apresentar o projeto visualmente para o cliente

É natural o cliente imaginar e desejar ver como a obra ficará ao ser concluída, mas para que a expectativa seja alcançada é preciso apresentar o escopo por meio de um desenho elaborado antes do início da obra.

Com isso em mãos é possível ter mais clareza sobre os detalhes que serão possíveis e visualizar o resultado. Conferir detalhes, como hidráulicas, elétricas, posição dos móveis e, até mesmo, uma combinação de núcleos na decoração que harmoniza com cada ambiente. Esse é o momento de estudar como mudanças e adequá-las de acordo com o que se espera daquele espaço.

Sendo assim, um bom planejamento com a riqueza de minúcias evita possíveis transtornos durante uma reforma. Além de gastos extras com material e mão de obra.

 

3 – Melhor aproveitamento dos espaços

Otimizar os espaços e liberar0los atribuíveis para uma das habilidades do profissional em arquitetura. Alguns imóveis podem apresentar dimensões menores e específicos de explorar. Porém, o arquiteto pode contribuir com soluções viáveis ​​para tornar o espaço útil e estiloso.

Outro aspecto para melhor aproveitamento do layout é a decoração. Sim! Ela pode criar cantinhos, talvez antes inutilizados, em locais que expressam personalidade e modernidade.

 

4 – Layout belo e funcional

Além de melhor aproveitamento dos espaços, o profissional está preparado para atribuir referências do cliente e adaptá-las ao projeto. Assim, ele consegue proporções de melhorias para que tenha um layout imponente e, ao mesmo tempo, funcional.

Aliás, funcionalidade é indispensável quando se trata de um projeto arquitetônico bem-sucedido. Isso denota usar da criatividade para criar ambientes com liberdade de movimentação e conforto.

 

5 – Detalhamentos do layout interno do ambiente

Antes de mais nada, o projeto de layout de interiores referências-se à distribuição dos espaços do imóvel. Desse modo, o seu maior benefício está relacionado ao fluxo de pessoas e otimização de cada espaço contribuindo para o bem-estar das pessoas que por ele circulam.

Para criar necessidades adequadas e que atendam às necessidades do cliente é preciso que o arquiteto conheça um pouco da rotina de quem utiliza o local em questão, para que possa mapear as soluções mais adequadas e harmoniosas.

 

6 – Otimização de custos

Além de verificar todos os pontos anteriores, o arquiteto avalia os custos da obra. Sabemos que a dinâmica de uma construção ou reforma apresenta desafios que não são 100% controláveis.

Por isso, o arquiteto precisa estar atento a essas mudanças e buscar soluções que não interfiram radicalmente na qualidade e no orçamento inicial.

Logo, um projeto bem elaborado, com bons profissionais e fornecedores, contribui para a redução de retrabalhos, atrasos na entrega e, consequentemente, economia.

 

7 – Organizar uma obra

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o arquiteto não é o responsável apenas por criar o projeto dos seus sonhos. Ele também é personagem importante na organização da equipe que faz uma execução da reforma.

Seguir um cronograma e acompanhar cada etapa do andamento da obra é primordial para garantir que tudo seja feito de acordo com o projeto.

 

8 – Cronograma físico e financeiro

Depois de alinhar as referências e desejos do cliente o profissional começa a elaborar detalhadamente o cronograma do projeto. Para isso, ele divide em etapas que podem ser mensuradas e executadas por semanas ou por mês, dependendo do tamanho e peculiaridades da obra.

Custos com uma equipe de trabalho assim como os materiais devem ser claramente organizados para evitar surpresas que estourem demais o orçamento. Cada detalhe é importante para trazer segurança ao cliente, além de garantir que as etapas sejam cumpridas no prazo.

Contratar um arquiteto para cuidar do seu projeto é uma das formas mais eficazes para garantir o design dos seus sonhos e ter um espaço com conforto, bem-estar, sofisticado e com uma personalidade sua.

 

 

 

 

O post 8 dicas para contratar um arquiteto para seu projeto apareceu primeiro em Blog Capullo.

Deixe um comentário